Answer Questions

Labels

Ser Clara - Janaina Rico - Book Tour







Editora: Pedro e Jõao Editores
Autor: Janaina Rico
Ano: 2009
Número de Páginas:  285










“Esperei o garçom e peguei meu drinque. Sentei, pois não aguentava mais ficar em pé. Meus dedos queriam saltar da sandália. A dor era torturante. Mulheres fazem qualquer coisa por vaidade. Beleza é dor. A dor é sua amiga.” – Pág. 19

Clara é uma professora que tem um Ford Ka, com prestações atrasadas e uma amiga que está enfrentando um problemão. No casamento de sua melhor amiga conhece o homem de sua vida, mas em uma mesa de bar acaba por reencontrar Léo, seu amigo da época de colégio. Entre idas e vindas Clara fica em um meio termo até depois de coisas estranhas que passam a acontecer, Clara tem que se decidir. O que será que ela realmente quer da sua vida?

Bom, o que dizer de Clara, Estou tem um tempão aqui pensando como descrever Clara, e acabei chegando a conclusão: de que um pouco da Clara sou eu, e tenho certeza de que se você é mulher existe um pouco de Clara dentro de você. A Clara é uma personagem real, dessas que toma conta do próprio nariz, que decide o que quer e que tem um popozão de dar inveja! Clara acima de tudo é dona de uma auto-estima de dar inveja a qualquer uma, porque independente de como ela seja, ela sabe que é linda, maravilhosa e todo o resto.

Na história, no casamento de sua melhor amiga, ela conhece o padrinho do noivo Que ela odeia por sinal, e eu também o/, o noivo e não o padrinho =X que eventualmente faz par com ela na cerimônia, o que ela não imaginava é que João Thomas, é um cirurgião plástico, super bem sucedido, pelo qual ele acabara apaixonada. E não é por nada não, mas um homem igual a João Thomas, rico, bonito, malhado, amoroso, carinhoso e um pouquinho ciumento, até eu me apaixono. Alias, dona “Vida”, onde está o meu João Thomas?? Hein?? Hein?? De fato, Deus não da asa a cobra. =(

O problema é que Clara acaba revendo Léo, um amigo do colégio, e acaba ficando balançada com a antiga “amizade”. Mas, para a felicidade alheia, ela acaba namorando João Thomas, que parece querer escondê-la de sua vida, o que deixa Clara, insegura de si mesma! Mas, João Thomas acaba provando mais uma vez que é um cavalheiro, e leva Clara para conhecer sua família, só que aí começam os problemas, A sogrinha de Clara é na verdade uma boacra de marca maior, daquelas bem cruéis mesmo.

Então Clara, que tem que ajudar sua melhor amiga a superar um problema, e ajudá-la a reconstruir sua vida, se necessitando de ajuda. E melhor das melhores amigas, é que elas sempre estão lá pro que der e vier. Confesso que acabei me divertindo com as conversas das duas, elas são tão reais, que posso imaginar a maioria dos diálogos entre eu e minha amigas.

No meio do dilema Léo/João Thomas, coisas um tanto estranhas começam a acontecer, e o passado de João Thomas acaba se revelando um perigo para a vida de Clara. Vou parar por aqui senão vou acabar contando o final.

Foi um livro que eu acabei gostando muito de ler, a leitura foi fluida e divertida, os personagens são muito bem construídos e muito, mas muito próximo do real, são um tanto palpáveis, agora o que me incomodou, foram duas coisas, primeiro a linguagem, em algumas horas parece meio forçado o jeito com que os diálogos acontecem, existe o uso de muitas gírias, o que no fundo não me convenceu muito bem.

E também...Não leia se não quiser ler spoiler... o final me deixou angustiada, porque o livro todo Clara fica no impasse de decidir entre o Léo e o João Thomas, e eu não demorei por me decidir pelo João, mas será que foi tão fácil assim se decidir, depois de um livro todo na duvida, quando Clara decidi, fica tudo muito fácil, sabe?

Enfim, pra quem gosta de literatura nacional e chick-lit está super recomendado. A capa também é bem fofa e eu achei super bacana. Sim, eu sei que essa resenha ficou enorme, mas eu preciso colocar mais um quote...Porque nesse quote eu sou Clara!

"Segunda-feira eu acordei decidida a ser uma nova mulher. O álcool não iria mais fazer parte da minha vida, e eu iria me dedicar à academia. Só compraria iogurte diet e sopa de saquinho light, nada mais de chocolate." - Pág. 55


Pessoal, peço desculpas por minha ausência, mas essa semana que passou foi punk na faculdade! Mas, semana que vem o Blog volta ao normal, se é que existe um normal aqui! 

E ATENÇÃO!
Quem comentar aqui nessa resenha está concorrendo até 30/04 a um kit de marcadores, com um marcador do livro "Ser Clara" autografado! 

Psiu!
Silêncio Que Eu To Lendo!

Posts Relacionados

 
COPYRIGHT © NOVEMBRO 2014 Silêncio Que Eu To Lendo...
LAYOUT DESENVOLVIDO POR JÉSSICA GUEDES | ILUSTRAÇÕES POR JULIANA RABELO.