Answer Questions

Labels

O Atlas do Amor - Laurie Frankel
Ed. Paralela







Editora: Paralela - Cia Das Letras
Autor: Laurie Frankel
Ano: 2012
Número de Páginas: 240
Skoob








"Às vezes a vida é triste, mas não é nada com que não possamos lidar. Às vezes é até bom ficar triste, porque significa que fomos felizes antes e vamos voltar a ser." - Página 169


Vou começar explicando um pouco da história para depois dizer porque achei que esse livro entrou para os meus favoritos do ano!

Janey, Jill e Katie são amigas de pós graduação, eu ainda diria que amigas improváveis e acabam se unindo única e exclusivamente por comida. Janey cozinha, tenta ensinar Jill e depois Katie, mas ambas não gostam de cozinhar e acabam tornando-se boas amigas.

Ambas são formadas em literatura, dão aulas e fazem pós-graduação em literatura feminina, cada uma com um foco, mas ambas são inteligentes e "capazes". É pelos olhos de Janey que tudo acontece, Jill engravida e Daniel o pai vai embora. Então sob a direção de Janey elas vão morar juntas e criar Atlas, o bebê. Pode parecer confuso mais não ainda não acabou, elas ainda contam com amigos gays que são casados e namorados e ex-namorados para completar o rodizio de tomar conta do bebê.

Essa é a hora em que você se vira e me diz: O que tem demais nisso Clícia? E eu te respondo: TUDO.

O livro tem um que de momentâneo, você se sente vivendo aquilo, e não apenas porque no meu caso porque me identifiquei com Janey, mas porque a história é nua e crua, com personagens que ousam ser reais, que tem defeitos e que tornam a história sua história. É impossível não sofrer com Janey, quando ela fica irada com Jill, pois abriu mão de um monte de coisas para criar Atlas e a mãe do menino simplesmente não enxerga, ou não ficar brava com o egoísmo irracional de Jill, ou ainda não rir com os ataques de Katie.

Cada uma das meninas tem personalidades diferentes, e achei impossível não reconhecer minhas amigas nelas, uma mais centrada, outra mais madura, outra louca por casamento. E então juntando todos os elementos, a boa escrita, a narrativa fluída e as personagens divertidas e reais... O livro cria um conceito de família, uma família de amigas e Atlas, com defeitos, confusões e amores, e é isso que tornou o livro tão especial: Ele reflete sua família, a família que você(Janey) escolhe e dentro dela aqueles(Katie) que vêem a unidade de família como você vê e aqueles(Jill) que ignoram tudo por alguns momentos em prol do próprio umbigo.

O final por falta de palavras é "real". Olhando a história como Janey achei justo, mas como Clícia achei injusto porém perfeito.

"O Atlas do Amor" é um livro sobre famílias, amizades, amores perdidos e reconquistados, sobre a vida moderna. É um livro com uma trama muito bem escrita e personagens cativantes e com certeza uma daquelas "obras" que sempre vou guardar com mais do que carinho, com amor.

Classificação: 5/5

E hoje teremos a estréia do vídeo: O Livro Fala. Que vai ser um vídeo que vai aparecer aqui de vez em quando, se vocês gostarem claro! =) É um vídeo onde eu leio alguns quotes do livro em questão! =) Quero opiniões depois hein?












Posts Relacionados

 
COPYRIGHT © NOVEMBRO 2014 Silêncio Que Eu To Lendo...
LAYOUT DESENVOLVIDO POR JÉSSICA GUEDES | ILUSTRAÇÕES POR JULIANA RABELO.