Answer Questions

Labels

P.S. Eu Te Amo - Cecelia Ahern
Ed. Novo Conceito






Editora: Novo Conceito
Autor: Cecelia Ahern
Ano: 2012
Número de Páginas: 368









"Mire seu salto para a lua, e se não acertá-la, aterrissará entre as estrelas.
Prometa para mim que vai encontrar um emprego que vai amar desta vez!
P.S. Eu Te Amo..." - Página 208

O livro conta a história de Holly e de como sua vida está após a morte da pessoa que mais amava nesse mundo. Quando seu marido Gerry morre ela tem que seguir sua vida, mas como seguir em frente quando tudo que um dia ela conheceu não existe mais? O que ela não contava é que Gerry vai dar um força e mais que uma força, vai fazer Holly se reerguer.


Garry deixa algumas cartas para Holly. Mas existe uma regra, ela pode abrir uma por mês, por quase um ano. Essa é a única coisa que faz Holly levantar da cama e seguir sua vida.

Eu já tentei começar essa resenha de mil formas! Então essa vai ser a última! Seja o que Deus quiser! 

A história do livro é uma história de superação, mas muito mais do que isso! É uma história sobre egoísmo, determinação e amor. E é um misto de sentimentos enorme, que fascina, emociona e toca.

O mais impressionante é a forma como o livro me tocou. Holly sofre a perda do marido de uma forma muito intensa. Os envelopes são o que primeiramente tiram Holly de sua cama. E são um processo de cura. Gery foi extremamente sensível com tudo. E talvez esse tenha sido o mais importante.

O livro é narrado em terceira pessoa. E existe um momento que narra Gerry escrevendo a última carta. E essa passagem é uma das mais lindas! Porque ele tem certeza de que vai partir, mas também quer ter a certeza de que estará deixando Holly amparada. E a forma simples e complexa de como ele fez isso... Foi linda!

O ponto "humano" é o que faz o livro ser próximo de você. Holly tem duas melhores amigas, uma irmã estranha, um irmão que é seu melhor amigo e um irmão que é praticamente um estranho, claro... além dos pais e de um amigo. E todos os personagens são muito próximos do real. As melhores amigas de Holly não são perfeitas e não tem as melhores palavras o tempo todo, elas também são um pouco egoístas, mas como na boa e velha vida real. Seu irmão melhor/melhor amigo se distancia e ela descobre que seu irmão mais velho, com ela nunca conversa tem mais coisas em comum com ela do que imagina.

O livro é feito de descobertas. Holly descobre com a ajuda de Gerry a como fazer sua vida andar. A como fazer as coisas darem certo novamente! E isso encanta e enche os olhos. As cenas em que ela conta como foi a vida dos dois, são as mais emocionantes, porque ela sempre liga com alguma coisa real. Quando uma de suas amigas está fazendo a despedida de solteiro, ela se lembra da dela, e posso confessar? Chorei na maior parte dessas cenas! Onde ela relata a perda! E esse sentimento de perda é um pouco universal! Quem nunca perdeu alguém ou algo importante? 

É simples e complicado de se explicar ao mesmo tempo! Coloquei o livro com meus favoritos! E coloquei naquela lista: preciso comprar um hard-cover em inglês para colecionar! ;D

Vale a pena! Sem mais! Escrevi horrores e estou com medo de que vocês não me entendam! 

Classificação: 6/5








P.S.: Se eu tiver tempo amanhã tem promoção, se não até o meio da semana que vem! ;D

Posts Relacionados

 
COPYRIGHT © NOVEMBRO 2014 Silêncio Que Eu To Lendo...
LAYOUT DESENVOLVIDO POR JÉSSICA GUEDES | ILUSTRAÇÕES POR JULIANA RABELO.