Answer Questions

Labels

Pode Apostar... # 64

O "Pode Apostar" é uma coluna do Blog Silêncio Que Eu Tô Lendo, onde a Rafa, mostra as novidades literárias e Aposta ou não! Psiu! Você Pode Apostar ou Não!




Oi meus queridos!
Hoje eu trouxe apostas que me deixaram muito animada para ler, vamos lá?









Editora: Intrínseca
Autor: Haley Tanner
Ano: 2012
Número de Páginas: 272
Skoob
Sinopse: Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro. Eles se encontram pela primeira vez aos 6 anos, numa aula de inglês para imigrantes em Brighton Beach, no Brooklyn. Vaclav é precoce e falante. Lena, com dificuldade no idioma, refugia-se na segurança de sua adoração por ele. Ele imagina a história dos dois se desenrolando como em um conto de fadas. No entanto, uma das muitas verdades a serem descobertas nessa extraordinária obra de estreia de Haley Tanner é que "felizes para sempre" nunca é um desfecho garantido. Um dia, Lena não vai à escola. Desaparece da vida de Vaclav e da família dele como num cruel truque de mágica. Durante os sete anos seguintes, Vaclav deseja boa-noite a Lena todos os dias, perguntando-se se ela faz o mesmo onde quer que esteja. No dia do aniversário de 17 anos de Lena, ele finalmente descobre o que aconteceu. Haley Tanner tem a originalidade e a verve de uma contadora de histórias nata, e também a ousadia de imaginar um mundo em que o amor pode superar as circunstâncias mais difíceis. Em Vaclav & Lena, a autora dá vida a dois inesquecíveis jovens protagonistas que evocam a alegria, a perplexidade e a paixão de se ter uma profunda e duradoura ligação com outra pessoa.



Por que: Achei a capa linda e delicada e a sinopse singela já me deixou apaixonada pela leitura. E como eu sou mestre em fuçar resenhas alheias, já encontrei boas críticas que me fizeram apostar ainda mais em Vaclav & Lena.









Editora: Seguinte
Autor: Valérie Zenatti
Ano: 2012
Número de Páginas:  128



Sinopse: Um homem-bomba se explodiu dentro de um café em Jerusalém. Seis corpos foram encontrados. Uma garota, que se casaria naquele dia, morreu junto com o pai "algumas horas antes de vestir seu lindo vestido branco". E Tal não consegue parar de pensar em tudo isso. Tal é uma israelense que, como toda garota de dezessete anos, vive suas primeiras experiências - o primeiro grande amor, as primeiras escolhas profissionais e também o primeiro atentado. Depois de vivenciar esse momento trágico, ela escreve uma carta a um palestino imaginário, coloca em uma garrafa e pede ao irmão, que presta o serviço militar perto de Gaza, para lançá-la ao mar. Algumas semanas depois, recebe a resposta de um certo "Gazaman"...


Por que: O engraçado de quando li a sinopse desse livro, foi que meus olhos foram arregalando de curiosidade, para ler a estória toda. Esses dias eu tenho olhado mais para os livros que não são de fantasia e esse tem um cenário muito bacana, amei.



Ah, tenho um segredinho para contar para vocês, mas vou falar baixinho para a Clícia não ouvir: mês que vem o PA estará de cara nova, mas, PSIU! Ainda é segredo, estou contanto para vocês em primeira mão!

Então, é isso gente! Semana que vem tem mais, não esqueçam de opinar ok?
Beijos *--*


Posts Relacionados

 
COPYRIGHT © NOVEMBRO 2014 Silêncio Que Eu To Lendo...
LAYOUT DESENVOLVIDO POR JÉSSICA GUEDES | ILUSTRAÇÕES POR JULIANA RABELO.