Answer Questions

Labels

Psiu! É ProExZaz no Silêncio! # 6

ProExZaz o Silêncio é o espaço do Gabriel, onde ele trata de nerdices e coisas alheias! O que será que vamos encontrar hoje por aqui? O Gabriel escreve no ProExZaz e tem um canal muito divertido no YouTube.



Olá para todo mundo! Feliz 2013! UHUL! Ainda bem que o mundo não acabou porque ainda tenho de ver Iron Man 3 ( S2 ), e claro, pela Clícia, por vocês do Psiu e pelo próprio Psiu! *-*  Como passaram a virada de ano? Bem? Mal? Entediados? Espero que não, e se sim, vim até vocês para tirar este sentimento monótono. E como posso começar meu primeiro post do ano? Do começo... 

Ok. 

Estava eu, por volta do meio de dezembro do ano passado, de mudança, ( uma mudança que não acabou até o dia de hoje ). O que significa que todos meus livros e HQ's embalados, meu moleskine também, meu estojo, sem internet banda-larga. Como diria Darth Vader, "NOOOOOOOOOO!!". Pensei, " Como vou viver?", então tive a ideia de comprar um livro neste meio tempo. Sendo que tenho ainda juntando pó meu Guerra dos Tronos...( mas ele também esta embalado, o que não faz diferença.) 

Fui um dia em uma livraria. Nenhum livro bacana. Outro dia. Nada. Outro...e Sim! Achei! 

Era filho único e escondido dentre outros títulos que me desinteressavam. O Livro que trago à vocês é "Orgulho e Preconceito e Zumbis". 








Editora: Intrínseca
Autores: Jane Austen e Seth Grahame-Smith
Ano: 2010
Número de Páginas: 315
Skoob





Sim. Amo Zumbis. 

Segundo críticos foi uma ótima adaptação de "Orgulho e Preconceito", que é um Best-Seller condecorado mundialmente, e que a inserção de zumbis não poderia ter sido de melhor bom gosto e escolha. Ele tem um legítimo ótimo senso humor do mais inglês possível. Não que seja ruim, mas a acidez e a compreensão de certas piadas só entendendo alguns comportamentos e costumes da época. 

Recomendo que para quem se interesse, ele não é um livro de simples leitura, algumas palavras estão fora de nosso atual vocábulo, mesmo tendo boa parte com uma linguagem atual. E também, deve-se dar mais atenção aos, como por exemplo, por vezes uma das protagonistas principais pode ser chamada de: Elizabeth, Lizzi, Srta Bennet, ou Elizabeth Bennet. Mas pulando esta chatice, vamos ao que interessa . 

A História! 

Primeiro se ambiente em um período como os dos filmes do Capitão Jack Sparrow, ou alguns anos antes do nascimento de Sherlock Holmes. 

Costumo imaginar as falas como a de Alice no filme da Disney, o que me ajuda a entender a leitura e imaginar como as personagens conversam e em que sotaque e ritmo elas se falam. 

De início, uma praga se alastrou e infestou grande parte da Europa e da Inglaterra incluindo o vilarejo de Meryton. Esta praga faz com que os mortos retornem a "vida". O que acho bacana que os Zumbis não sejam os protagonistas principais e nem os motivos deles existirem parecem ser tão relevantes na história, mas a participação em certos momentos é o que vitaliza a obra. 

Neste vilarejo dentre as famílias que lá vivem está Elizabeth Bennet, que fora treinada pelos monges chineses nas mais altas artes marciais e mortais e letais. Ela está e é determinada a exterminar qualquer um não mencionavél que apareça em seu caminho. Treinada também a ler a personalidade de pessoas e muito inteligente por si própria acaba por cruzar o caminho do arrogante e orgulhoso Sr Darcy. 

Sendo Elizabeth uma senhorita de família, tendo de seguir costumes da época, o qual inclui encontrar um marido e unir-se à ele junto sua fortuna. Mas para alguns rapazes da época uma moça com tais "defeitos" não é tão interessante, e para Elizabeth, estes mesmos rapazes não teriam a menor chance com ela. E caso insistissem, sua morte seria fatal e de total mistério. 

Ultrapassar tais preconceitos e costumes da época e ver como ela os evita fazem parte do bom humor do livro. Não que cause altos risos, mas deixa a leitura mais interessante e divertida. Lizzi é uma dentre quatro irmãs. Sra Bennet, sua mãe não se conforma com o comportamento de suas filhas e praticamente implora a qualquer cavalheiro que se interesse por qualquer uma delas. Já seu pai, Sr Bennet, parece não se importar, sendo que ele quem iniciou suas filhas nas artes de defesa contra os zumbis em tempos tão difíceis onde" sobreviver é mais importante do que se casar". 

À partir de acontecimentos como o de sua irmã Jane se interessar por Sr Bingley, amigo de Sr Darcy, o que deixa Elizabeth receosa e do interesse de um gorducho baixinho, um dos braços de Lady Catherine, a maior caçadora de não mencionáveis de toda a história que já existiu, querer se casar com Elizabeth, a história se desenrola com mais costumes engraçados e com atitudes inesperadas de nossa heroína. 

Vou dar agora um pouquinho de minha opinião sobre alguns elementos que me fazem gostar deste livro. 

Primeiro eu já citei no começo do post, que são os zumbis não atrapalharem os acontecimentos, o que me faz pensar que na história original, talvez fosse mais desinteressante de se ler. Outra é de ser uma heroína e não um herói. Porque para mim, se fosse um cavalheiro, lutando e desbravando a Inglaterra e a Europa me sairia muito mainstream, mas como é uma mulher, tudo que ela faz, pensa, quase me faz pensar ser a mulher perfeita para mim. Haha! 

Outro ponto é que, este livro parece ter melhorado meu orgulho e minha educação, assim também meu vocabulário. Parece besteira, mas é como se eu realmente absorvesse parte do livro para minha vida. Para meu dia-a-dia. 

Não vou contar o fim, e nem posso, na verdade eu não posso contar nem até a metade porque, parece que cada capítulo é como se fosse o penúltimo, e então você fica naquele pensamento, "só mais um capítulo..." e se o sono não me vem, eu não pararia de ler. 

Mas volto a alertar, é um livro de uma linguagem um pouco diferente, mas para quem ficar curioso existe disponível online um trecho do livro. Então clique neste link aqui. Divirta-se! 

Gostaria de criar um sistema independente de notas. Para livros, ou filmes, ou outros temas que me sugiram aqui. Gostaria de saber o que acham. Falando nisso... 

Deixem aqui seu comentário, de como foi seu fim de ano, seus presentes, o que lhes tirou o tédio, pedidos de livros que eu comente ou de temas. E por favor, comentem as respostas de outras pessoas que comentarem aqui no post, ainda sonho com vocês conversando entre si e discutindo o tema. E eu comentando junto também, é claro. :3 

Espero que tenham gostado e até mês que vêm \o/!






Gabriel Mazaro, um jovem desenhista, blogeuiro, vlogueiro, guitarrista e jedi.

Posts Relacionados

 
COPYRIGHT © NOVEMBRO 2014 Silêncio Que Eu To Lendo...
LAYOUT DESENVOLVIDO POR JÉSSICA GUEDES | ILUSTRAÇÕES POR JULIANA RABELO.