Answer Questions

Labels

Resenha: Will & Will
John Green & David Levithan









Editora: Galera Record
Autor: John Green & David Levithan
Ano: 2013
Número de Páginas: 352
Skoob






“a verdade, porem?
todo mundo tem uma.
essa é nossa maldição e nossa bênção. Essa é nossa tentativa e nosso erro e nossa coisa certa.” -Página 348

A vida de dois garotos, dois “Will Grayson” acaba se cruzando em momentos muito diferentes para cada um. Mas também muito importantes. 

O primeiro Will, é um garoto normal de uma escola praticamente normal, tem alguns amigos gays, outros amigos. Participa de uma aliança gay-hetero. Flerta com algumas meninas e simplesmente morre de medo de se apaixonar por sua amiga. Alias Will tem medo de se apaixonar por qualquer garota. O segundo Will é um garoto depressivo, que toma medicamentos e vive buscando pequenos momentos de felicidade. Não tem amizades bacanas e não assume para ninguém que é gay. Até que encontra com quem se relacionar pela internet e com quem quer descobrir a vida. 

Deixe-me explicar o que quero deixar claro desde o começo: AMEI, o livro com todos meus amores. Os personagens são lindos, charmosos e até mesmo quando estão sendo enfadonhos eu simplesmente devorava o livro. E continuo amando. Mas, meu DEUS, onde os autores queriam chegar?

Quer dizer... as vidas dos “Will” realmente se mesclam e constroem história novas depois de sua interação, mas ainda faltou um sentido final do meu ponto de vista. O final também foi muito aberto, fiquei com uma sensação de que o livro acabou de forma inacabada. Pode ter sido apenas uma impressão minha, mas acho que meu livro veio com alguns capítulos a menos... rs 

Enfim... vamos falar de outras coisas?

Bom, fiquei muito orgulhosa dos autores, por colocarem um romance gay na trama. Com personagens gays e com dilemas gays. Mas sem toda a dramatização que se espera. De certa forma senti o livro leve de qualquer peso “sociedade”, o mundo não acabou porque eles fizeram escolhas. 

Outro ponto que amei, foram as divisões dos capítulos. Um para cada Will, e o estilo de escrita foi totalmente maravilhoso e compatível com cada Will, por exemplo o 2º Will, o depressivo, todas as frases começavam com letras e os diálogos, parcos e pequenos era com “:” e “-“. Então minha experiência foi como ler o diário dos garotos.

Outro ponto é que no ponto de vista houve muitos personagens principais. Todos se tiveram espaço de crescer na trama e cada um fez sua participação mais que especial.

O livro uma simples experiência de um bom livro. Desprezei completamente o final, e já criei meu próprio final para todos. Rs AHHH LOUCA e indico a leitura para cada um de vocês como um bom livro para passar o final de semana, suspirando com romances adolescentes e morrendo de rir com alguns dramas gays.

Classificação: 5/5


Posts Relacionados

 
COPYRIGHT © NOVEMBRO 2014 Silêncio Que Eu To Lendo...
LAYOUT DESENVOLVIDO POR JÉSSICA GUEDES | ILUSTRAÇÕES POR JULIANA RABELO.