Answer Questions

Labels

Resenha: A Garota Que Eu Quero
Makus Zusak







Editora: Intrínsica
Autor: Markus Zusak
Ano: 2013
Número de Páginas: 176
Skoob 
Compre:



"Era uma verdade que me dizia, com uma brutalidade interna contundente, que eu era eu e que vencer não vinha naturalmente para mim. Era algo pelo qual tinha que lutar, nos ecos e nas pegadas trilhadas da minha mente. De certo modo, eu tinha que garimpar esses momentos de satisfação." - Página 7

Sabe quando você devora um livro? Então... Eu acho que como Cameron Wolfe eu tive fome das palavras!

Cameron é um garoto relativamente tranquilo, simples e tímido. Não é o mais rápido ou melhor em algo, apenas é o Cameron. E ser apenas isso é o que o torna tão especial. O que na verdade se tornou um grande paradoxo: Não ser nada e ser especial.

Ele é o cacula de 3 irmãos e 1 irmã e cresceu admirando cada um deles por aquilo que são. O mais velho, Steve é um astro de futebol, Rube o do meio é o pegador de mulheres e sua irmã tem um pequeno papel, mas importante. E então de certa forma ele se perdido no mar do sucesso, acadêmico, profissional e sentimental de seus irmãos e se achar meio a tudo isso é complicado para um adolescente.

O que desafia sua forma de viver a vida são dois detalhes. Primeiro, as palavras! Ele começa a desenvolver o hábito da escrita, em cada começo de capitulo do livro temos uma parte da história que Cam começa a escrever. Depois do primeiro passo, da decisão de fazer diferente, vem o momento em que ele decide deixar de ser um perdedor.

E então algo não tão inusitado acontece, ele se apaixona pela ex-namorada de seu irmão Rube. Essa é a hora em que você diz... Harãm... entendi título do livro... Não! (Vide gif ao lado! #SintoMuito) No meu ponto de vista, o romance de Rube foi superficial, não havia e nunca houve motivo para nhenhenhem. Entende? No meu ponto de vista Octavia foi feita para Cam. A Romântica... Pode dar risadas mas essa é a verdade! hehehehe

Octavia é o tipo de garota estranha, que toda garota estranha sonha em ser. Tem aquele "Q" que a torna bonita, usa as roupas corretas e fala com uma poesia nas entrelinhas. De cara ambos se entendem perfeitamente e se encaixam. Vou parar por aqui para não estragar!

Tá bom Clícia, me convença que o livro vale a pena, já que você amou tanto.

1º Cameron, tenho certeza que você vai querer que ele se afogue em você. O destaque não fica apenas nele, mas todos os personagens de Zusak são bem escritos e então quando você menos percebe está torcendo por cada um deles. Cada um a sua forma é muito bem aceito, mesmo os secundários são bem construídos. Tenho 100% de certeza que se você é como eu que precisa se identificar com algum personagem você vai amar este livro, porque é impossível não se identificar com algum personagem!

2º Os diálogos são muito bons! Tanto os diálogos de Cam com outros personagens como o monólogos dele com ele mesmo. Suas reflexões são parte do que torna tudo tão especial!

"Você não tem que falar nada, Cameron - disse ela, baixinho, e olhou para dentro de mim. - Você poderia falar coisa alguma, e mesmo assim eu saberia que você tem um grande coração.
Foi aí que a noite explodiu de repente e o céu despencou em pedaços à minha volta." - Pág. 76

3º O romance. Mas não qualquer romance, mas o primeiro amor. Aquela sensação de coisas novas e boas. E a sensibilidade do livro é tão boa que você pode sentir tudo que o livro conta. Tão fofo! =)

4º O livro faz parte de uma série. Esse é o último, eu ainda não li os outros dois, mas estão na minha Top Top lista para futuras compras! =) Ou seja, tem mais! (Ufa, já estava me sentindo órfã dos Wolf! rs) 

Classificação: 5/5

E aí? Gostou? Não gostou? Já leu ou não leu? Conta nos comentários qual sua opinião! ;)

7 comentários:

  1. Oi Clicia...

    Tudo bem?

    Nossa adorei a resenha, o livro parece ser bem gostoso de ler e daquelas séries que você pode ler o último sem se preocupar com a ordem, né isso?

    Beijos

    Cintia
    The Nice Age
    www.theniceage.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cintia!
      Tudo sim e vc??

      É bem gostoso mesmo de ler! E pode ser lido sem ser em ordem, eu li o último primeiro e nem senti diferença. Inclusive só fui saber disso mil décadas depois de ler! heheheheh

      Mil beijos

      Excluir
  2. Eu simplesmente amei o livro também. Meu primeiro contato com Suzak virou amor eterno... rsrs

    http://livrosromanticos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. S2 Amor eterno para sempre, né?

      Simplesmente maravilhoso esse livro! Amei também!
      ;)

      Mil beijos

      Excluir
  3. Ei Clícia,

    É a primeira resenha nota 5 que vejo sobre o livro acho, vi algumas resenhas dos livros anteriores todas não muito empolgadas e ai desisti da trilogia porque eu não ia ler mesmo fora da ordem.
    Agora fiquei na dúvida, vc elogiou tanto que fiquei com vontade de ler. Do autor eu amooo claro A menina que roubava livros e gostei bastante tbm de Eu sou o mensageiro.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Como assim esse livro é o ultimo de uma série e vc começou por ele???? As histórias não são interligadas????
    A capa é legal, gostei de saber sua opinião!!! Parabéns pela resenha viu!!!!
    Conte com meus comentários sempre, Bjos!!!!!

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  5. Clí, que saudade!
    Sumi, assumo. O tempo tem estado demasiada e lamentavelmente curto, mas deixe-me falar sobre a incrível experiência que me foi ler A Garota Que Eu Quero:
    Não poderia começar de outra forma que não mencionando (a) o Cameron e a absurda empatia que senti pelo mesmo. Me vi em grande parte do livro, tal qual alguns de meus pensamentos, medos e sonhos, em forma adolescente. (b) a Octavia que veio a tornar-se também minh'A garota que eu quero e, é claro que (c) as palavras do Zusak, que sempre me deixam estarrecido (e um pouco invejoso), feliz e o que quer mais que ele queira que nós sintamos. Não é à toa que é um dos meus autores prediletos. Li, dos outros três lançados anteriormente, o Bom de Briga que é igualmente incrível - e tenho O Azarão me esperando na estante, mas este último, em particular, entrou nos meus favoritos da vida inteira. Enfim, estava com saudades de suas formidáveis resenhas, sério.

    Assim me despeço, com a promessa de voltar.
    E como há braços, abraços.
    Caleb Henrique - Viajante Literário

    ResponderExcluir

Me conta o que você achou, ou então o que não achou... E se gostou ou não! ;) Adoro sua opinião!

Posts Relacionados

 
COPYRIGHT © NOVEMBRO 2014 Silêncio Que Eu To Lendo...
LAYOUT DESENVOLVIDO POR JÉSSICA GUEDES | ILUSTRAÇÕES POR JULIANA RABELO.