Answer Questions

Labels

Desafio Realmente Desafiante - Junho - #09 [Resenha] - Série - As Irmãs Keys


Ler um livro...
9. O último livro de uma série - Um Gosto de Vida

(Antes tarde do que nunca gente, sei que estava em dívida com os meses de Junho e Julho, mas um já está aqui e eu já li os outros. Vou liberar as resenhas deles, semana sim e e semana não. Tudo bem?)


Editora: Harlequim
Autor: Susan Mallery
Livro 1                                   Livro 2                                   Livro 3
Ano: 2011                             Ano: 2011                                Ano: 2011
Número de Páginas: 320          Número de Páginas: 320          Número de Páginas: 320
Skoob                                     Skoob                                       Skoob

   

Quando uma série e amarga ao mesmo tempo, é extremamente complicado avaliar de forma justa. Porque? Porque ela tem todos os detalhes para você amar e odiar tudo ao mesmo tempo.

Com um enredo e uma trama que parecem clichês, no primeiro livro conhecemos Claire e suas irmãs Nicole e Jesse. Ambas brigadas entre si, cada uma magoada com a outra com seus respectivos problemas. Tirando isso também pode-se notar o enrosco que é a vida amorosa de cada uma delas.

Eu resolvi tratar tudo em apenas uma resenha porque as histórias se completam e são muito interligadas. Claire de todas as irmãs é menos teimosa e mais ponderada, Nicole é sua irmã gêmea é mais teimosa e com o coração duro, já Jess é nada menos que a ovelha negra da família.

Quando Claire tinha apenas 3 anos, começou a tocar piano e aos 6 já era mundialmente conhecida. Com isso toda uma família acabou desestruturada. A mãe das 3 garotas, largou Jesse a mais nova, para o pai e Nicole cuidarem e foi viajar com sua filha pelo mundo, até que elas acabam sofrendo um acidente de carro e a mãe morre. A irmã gêmea coloca a culpa em Nicole, que por sua vez se vê com uma tutora seguindo os passos da fama,sem realmente poder se importar com o que estava acontecendo.

Elas passam anos sem se falarem, quando o pai morre, as irmãs expulsam Claire do enterro e novamente elas passam anos sem se ver novamente. Porém em um momento de fragilidade Claire, acaba surpreendida por uma ligação de Jesse, diz que Nicole está com problemas de saúde e vai precisar de ajuda.

Ambas voltam a se reunir. Porém com dramas e sentimentos amontoados. E nesse ponto onde os sentimentos se desenrolam é quando o livro para de ser clichê. Cada uma dar irmãs lida com os sentimentos de formas diferentes, o que torna o caminhar das coisas realmente único.

Nicole e Jesse, as irmãs que ficaram para trás e se sentiram principalmente traídas o que não passa de uma forma de maquiar os sentimentos de um para com a outra.

O que mais me impressionou durante toda a leitura, dos três livros, com toda certeza é o amadurecimentos das personagens, como cada uma foi transformada pela convivência com as irmãs e como o amor em si acabou transformando-as.

O primeiro livro é o de Claire e ela conhece o Wyatt, que é nada menos que o melhor amigo e partidário número 1 de Nicole. Ou seja, confusão na certa. Dei muitas risadas com Claire e Wyatt, eles tinham aquele tipo de atração que não se nega e quando tentavam negar, você só consegue pensar em como eles são ridículos(no bom sentido).

No segundo livro Nicole, que é uma amargurada de plantão, acaba nas mãos do bem humorado, divertido e víuvo(com uma filha adolescente HAHA) Hawk. Esse é de longe o relacionamento mais divertido de todos. A cada cena dos dois juntos, eu só conseguia rir de alguma situação em que os dois se colocavam. Hawk é o tipo de personagem, que não tem como se apaixonar.

No terceiro livro Jesse, que estava sumida e fugida, acaba voltando com uma surpresa e tentando reconquistar Matt, que na minha humilde opinião é um cafajeste. Porém como todo bom clichê, ele consegue reconhecer seus erros, se a tempo de reconquistar o coração de Jesse ou não.

Os personagens, todas as irmãs, os namorados, os filhos dos namorados e todos os  personagens secundários são incríveis. Claire foi a que mais me surpreendeu, já Nicole me deixou brava muitas vezes e eu demorei de compreender a Jesse. O enredo e desenrolar dos acontecimentos ocorre em todos os momentos de forma correta, apenas no 2º livro, eu me cansei, mas a culpa foi mais da Nicole, do que da escrita da autora.

Indico o livro para todas as românticas de plantão. E para quem gosta de livros com dramas familiares. Mil vezes amei!


2 comentários:

  1. Cara...eu abandonei legal kkkkkkk vou ver se consigo me organizar para ver se já conseguir matar mais algumas tarefas do desafio
    bjs

    ResponderExcluir
  2. O meu de junho foi o item 16 reler um livro que te fez chorar. Escolhi A culpa é das estrelas até porque queria relembrar detalhes para comparar com o filme. Segue link da resenha https://www.facebook.com/minhasresenhasdp/photos/pb.123211377889770.-2207520000.1407779993./226627584214815/?type=3&theater

    ResponderExcluir

Me conta o que você achou, ou então o que não achou... E se gostou ou não! ;) Adoro sua opinião!

Posts Relacionados

 
COPYRIGHT © NOVEMBRO 2014 Silêncio Que Eu To Lendo...
LAYOUT DESENVOLVIDO POR JÉSSICA GUEDES | ILUSTRAÇÕES POR JULIANA RABELO.