Answer Questions

Labels

[Resenha] Submarino - Joe Dunthorne - Por Gabriel Mazaro

E ai galera, tudo bem? Desculpem o meu atraso... mas posso explicar, estou sem computador no momento pois o meu que era novinho pifou do nada e estou escrevendo em um computador de terceiros. Enfim.

Como eu havia comentado na minha última postagem, sobre os livros que já li, que estava e que ainda iria começar a ler, prometi voltar aqui para falar do livro "Submarino" de "Joe Dunthorne" que originou o filme Submarine.

Antes de falar sobre o livro em si, vou começar pela condicionante de eu gostar tanto do filme assim como do livro. Há um bom tempo eu falei sobre as 3 HQs do Scott Pilgrim, ao qual eu conheci o filme primeiro e depois as HQs, assim foi com Submarine.

Acho que há uns três anos assisti o filme pela primeira vez, não lembro ao certo, mas foi um filme que pela fase de termino de namoro que tive ou apenas aqueles sentimentos tão fortes adolescentes de desamparo e melancolismo e solidão, eu vi ali uma história que conversava com o que eu passava e com o que eu queria viver um dia. Outra coisa foi ouvir a trilha sonora e conhecer uma das bandas que mais gosto hoje em dia. A trilha do filme, para quem não sabe é inteiramente ditada e cantada pelo vocalista do Arctic Monkeys, Alex Turner.

Com isso este filme, produzido acreditem se quiser pelo "Ben Stiller", me ganhou pois para mim é como me ver refletido e notar que o fim não é acabar e sim renascer.


Capa - Submarino - Joe Dunthorne - www.silencioqueeutolendo.com.br




Editora: Galera Record
Autor: Joe Dunthone
Ano: 2010
Número de Páginas: 400
Skoob
Compre:
   



Agora já falando do livro vou tentar descrever o que eu mais gostei, do que não me agradou tanto e tentarei colocar na balança as diferenças do filme para o livro.

Primeiramente o obvio, o livro se aprofunda mais em todos os personagens dando para mim um pouco mais ( e as vezes coisas até demais ) de informações dos acontecimentos das vidas deles e da personalidade de cada um.

A história fala sobre o início da adolescência de um menino galês chamado Oliver que gosta de uma menina chamada Jordana. Em todo momento do livro ele é narrado em primeira pessoa, além do personagem estar sempre parecendo escrever em um diário, coisa que ele realmente faz no livro, o que te faz acreditar, ou pelo menos para mim, me sentir lendo o diário dele. ( O que seria errado ).

O personagem principal, Oliver tem uma forma de escrita e de pensamentos altamente cultas e calculistas, além do fato de que todos os dias ele aprende uma palavra diferente e seu significado no dicionário, e por palavras os capítulos são divididos.

Como não darei spoilers sobre o livro, irei apenas ditar o que você deve saber, ou assistir o filme antes de comprar o livro é: O seu relacionamento com as pessoas a sua volta é um tanto quanto impessoal, como se ele parecesse outro Oliver, o qual sabe como agir e falar e pensar. O mesmo acontece na sua família, em que os pais passam por uma crise no casamento e ele faz o que pode para restaurar o amor entre os dois. Seu relacionamento com Jordana não tem nada de floreios, e às vezes é um tanto cru, sempre sincero e pautado. E não, ele não poupa palavras para descrever o que passa com ela, então não se assuste.

O livro lhe da com questões como fim de relacionamentos, morte, primeiras experiências, tristezas e momentos felizes os quais deveriam durar para sempre. Porém não chega a sem um drama todo o livro, pois é escrito com um ótimo humor e com uma linguagem culta porém simples.
Então, se você passa por momentos do tipo, se interessa por dramas e comédias, pela vida retratada um pouco mais como é de verdade recomento muito este livro. Se precisarem de outras resenhas corram no Skoob, leiam, vejam a nota, mas uma coisa eu comprovo. Se você gosta de filmes independentes ou músicas independentes você irá gostar deste filme e se a Dona Clícia autorizar irei fazer uma lista dos filmes que mais gosto aqui.

Obrigado para quem leu, podem me seguir no instagram @mazaro, me adicionar no Facebook, compartilhar e comentar aqui e me digam se entendem o que escrevo ou não, porque quando eu me empolgo nem eu entendo o que escrevo.

Beijos e abraços, e até mês que vêm!

16 comentários:

  1. cara achei um livro interessante, pleo mneos o personagem me chamou atenção.
    vou ver se dou uma olhada com calma nele.bom pelo menos vou deixar add na minha lista do skoob.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro e nem o filme,achei a temática bem interessante, não sei se o leria,mas o filme eu veria sim.Sua resenha ficou bem instigante...

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Bem diferente, mas não me conquistou!
    Só lembrei do site de compras hauahauahau
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei da sua resenha, mas o meu interesse foi maior em assistir ao filme do que em ler o livro. Quem sabe assistindo-o não me sinto motivada a lê-lo também, como você?
    Eu gosto de dramas e da vida em sua crueza e realidade… Gosto tanto que aprecio Bukowski, que é um soco certeiro no estômago (rs).

    Valeu a dica!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi tudo bom?
    acho que to precisando dar uma reciclada em minhas leituras e filmes rsrsrs to muito atrasada
    mais te contar um segredo nao gosto de ver filme que ja li o livro ou vice versa,sou muito enjoada e faço comparaçoes demais rsrsrss
    mais entao lindona achei bem legal o enredo de toda historia e achei uma historia inteligente que deve nos prender ate o final
    bjs
    www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ola Mazaro confesso que a sinopse do livro não me chamou atenção, creio que primeiro vou assistir o livro , assim como não me chamou atenção a capa do livro, Nesse caso vou assistir o filme primeiro . Fico feliz que curtiu a leitura. abraços

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  7. Meu senhor, alguém me dá uns tapas, porque nunca me senti tão alienada quanto agora. Não conhecia o livro e pior, nem sabia da existência do filme. Em que planeta eu estava durante todo esse tempo? kkkkk

    Senti mais atração e interesse em assistir ao filme do que ler o livro, não sei explicar exatamente o motivo, só sei que é essa a vontade no momento :P

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá

    Confesso que não conhecia o livro e muito menos tinha ouvido falar do filme. Parece ser muito bom, eu não sabia o que estava perdendo. Sua resenha me fez lembrar As Vantagens de Ser Invisível, não sei se você já leu, se não leu fica a dica. Adorei a resenha e pretendo ler o livro.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu não conhecia o livro e nem mesmo assisti ao filme, mas achei interessante =)
    Beijos,
    Clã dos Livros

    ResponderExcluir
  10. Olá Mazzaro,

    Não conhecia o livro e lendo sua resenha ele me pareceu muito interessante por trabalhar temas muito interessantes e do cotidiano de muitas pessoas, também gostei do fato de não ser um dramalhão e de ter humor como você colocou, então, está na minha lista de futuras aquisições.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi.
    Livros que retratam as questões que você citou, só leio quando estou muito bem, não gosto de lidar com histórias que falam de morte, de crise mesmo que de forma mais leve, portanto, esse livro não chamou minha atenção, mas sua resenha esclareceu os pontos certos.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  12. Olá Mazaro,
    Boa sua resenha.. não conhecia o livro e muito menos o filme, mas anotei a dica. vamos ver o que vem primeiro hehehehe.
    um abraço.

    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá Mazzaro!Tudo bem?
    Acredita que não conhecia esse livro? Sua resenha me deixou bem curiosa e sobre os temas abordados desse livro sou muito fã de obras literárias que abordam isso!
    Adorei a resenha \o/ Parabéns!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia o autor e nem o livro, acho que a Record não o divulgou adequadamente, pois sempre estou por dentro dos lançamentos e tal. Enfim... à princípio não achei que fosse querer ler a obra, mas na medida que fui me aprofundando na sua resenha achei muito legal a premissa e escrevi o nome do livro aqui na listinha de desejados. Obrigada pela dica.
    Beijos
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  15. Eu não vi o filme e nem conhecia o livro,mas pelo que li em sua resenha acho que gostarei muito dele,os temas abordados me atraem muito e fiquei bastante interessada pelos dois,o único detalhe que me fez ficar um pouco com o pé atrás foi o exagero das descrições,mas vou apostar na leitura mesmo assim.


    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Pela sua resenha o livro parece ser muito realista. Não leio sempre esse tipo de livro, mas de vez em quando é bom enfrentar a realidade. Nunca tinha ouvido falar do filme e nem do livro, mas gostei bastante.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Me conta o que você achou, ou então o que não achou... E se gostou ou não! ;) Adoro sua opinião!

Posts Relacionados

 
COPYRIGHT © NOVEMBRO 2014 Silêncio Que Eu To Lendo...
LAYOUT DESENVOLVIDO POR JÉSSICA GUEDES | ILUSTRAÇÕES POR JULIANA RABELO.