Páginas

30 dezembro 2011

3ª Pessoa

Pequena, frágil, gentil, sincera, carinhosa, maliciosa, sorridente...

Adjetivos lindos, um tanto exacerbados. Visão ingênua de muitos, certeza de outros tantos.

Aquela que acredita na bondade alheia; que não sabe dizer não; que ama demais; que perdoa demais; que nada sabe; que busca sempre; que sente; que está a viver, e a não viver.

Ela tenta não se importar tanto. Ela tenta!

É feita de sorrisos e lágrimas.

Não gosta de ser controlada, nem manipulada, muito menos dependente.

Um tanto ajuizada, correta e humilde.

Não se iludam a princípio, as qualidades são muitas, mas os defeitos, ah os defeitos! Estão lá. E ela odeia quem acredita em perfeição.

Já foram muitos os caminhos trilhados, aventuras e muitos equívocos. Acertos também, obviamente.
Odiada por muitos, às vezes sem razões específicas.

Amadas por muitos, por todas as razões do mundo.

Gosta de alegrar o dia de alguém, mesmo que esteja na pior fase.

Reclama, faz pirraça, vira criança. 

Se estressa, se desculpa. Faz cara feia, caretas, caras e bocas.

Ciumenta, talvez possessiva, mas com limites impostos.

Perseverante, forte e entusiasmada.

Crente em Deus.

Nasceu falando e sorrindo. 

Acredita demais no ser humano. Ingenuidade sempre foi um ponto forte em sua personalidade.
Se magoa, perdoa logo em seguida, as vezes guarda rancor.

Pé no chão e sonhadora. É feita de tudo que acredita!

Bela interiormente, talvez exteriormente também.

Em busca de compreender a si mesma, e tornar-se cada dia mais feliz.

Por que felicidade sim, ela pode dizer, que tem mais que tudo nessa vida.

E quem ainda acredita que a conhece, equivoca-se.

Sempre deixa um pouquinho de si em quem passou por sua vida. Junte tudo isso, adicione todos esses temperos acima citados, e quem sabe assim, saberão ao menos a terça parte do que é ELA de verdade.
Postar um comentário